Tudo sobre anúncios do Google

Você decidiu fazer anúncios do Google para ver os acessos ao seu site crescerem? Em pouco tempo você perceberá que essa foi uma ótima escolha. E com as dicas abaixo você pode tirar todas as dúvidas sobre sua campanha de links patrocinados. 

Tudo sobre os anúncios do Google

 

Segmentando o seu anúncio

Para começar a ver os acessos ao seu site crescerem, você precisa criar um anúncio que atraia mais visitantes. Pense no tipo de clientes que você gostaria de atrair para seu site. 

Qual a faixa etária do seu público? Ele é formado mais por mulheres ou por homens? Onde eles vivem? Todos estes pontos são importantes na hora de definir sua estratégia de segmentação no Google Adwords. Afinal, se o seu negócio funciona apenas na cidade de São Paulo, não há motivos para anunciar para todo o Brasil. Seja o mais específico possível e experimente diferentes grupos de segmentação. 


A vez do conteúdo

Chegou a hora de criar o texto para seu anúncio. O conteúdo deve estar disposto em um título seguido por duas linhas de conteúdo. 

Você também precisa escolher as palavras-chave para seu anúncio. Quando uma pessoa buscar pela palavra-chave que você escolheu ela verá o seu anúncio na parte superior da página de resultados de busca ou na lateral da mesma página. 

Experimente palavras-chave específicas e não apenas palavras genéricas como “restaurante” ou “café”. Use também palavras compostas que sejam importantes para seu nicho como “restaurante francês” ou “café barista”, por exemplo. Pense nas palavras que seus clientes usariam para buscar pelo seu serviço


Custo por clique, custo por impressão ou custo por aquisição? 

O Google Adwords oferece estas três possibilidades para cobrança dos links patrocinados. 

Ao escolher o custo por clique, você pode decidir o valor máximo que está disposto a pagar por cada clique que o seu anúncio receber. Nesse caso, você só paga quando uma pessoa clicar em seu link. Essa é a opção escolhida pela maioria das pessoas, por apresentar uma boa alternativa para o aumento de tráfego de seu website e exigir pouco ou nenhum conhecimento de programação. 

No caso do custo por impressão, você paga a cada vez que uma pessoa visualizar seu anúncio. Isso pode ser bom para empresas que querem ganhar mais visibilidade, mas não se importam tanto com os acessos ao site. É uma forma de investir em alguma promoção que chame seus clientes para visitar a sua loja física, por exemplo. 

O custo por aquisição requer um pouco mais de conhecimentos, pois você precisará configurar ações específicas em seu site. Nesse caso, você paga por cada vez que um usuário realizar uma destas ações, que podem ser tanto finalizar uma compra quanto se inscrever em seu mailing, por exemplo. 

Em todos os casos, você pode determinar um orçamento máximo a ser gasto por dia, de forma que seus gastos não ultrapassem o orçamento que você havia previsto. Assim que o valor definido por você for atingido, seus anúncios deixarão de ser exibidos até o próximo dia. 

Onde meu anúncio vai aparecer?

A posição de seu anúncio se dá como se fosse um leilão. O fator de maior influência no posicionamento de cada anúncio costuma ser o valor do custo por clique (CPC) que você definiu no momento de criação da campanha.

Mas essa não é a única informação que o Google utiliza para determinar se o seu anúncio deve aparecer em primeiro lugar em uma busca: a relevância dele em relação à pesquisa também conta muitos pontos. 

Quanto eu devo investir?

O investimento em Google Adwords irá depender de seu orçamento e do tamanho do negócio. Para pequenas empresas, o ideal é começar com valores diários mais baixos e testar quais anúncios funcionam melhor para o seu público ou oferecem um custo por clique mais baixo. Na dúvida, experimente começar com apenas R$ 10 por dia no primeiro mês.

À medida que os resultados forem aparecendo, você poderá aumentar o investimento até os valores que achar ideais para sua empresa. 

Não sabe como começar? Converse com a gente!